Cadastre seu e-mail e receba nossos informativos:

Pontos de Mergulho

Baía de Todos os Santos

Águas Abertas funciona com matriz em Salvador-Bahia e uma filial no Litoral norte, na Praia do Forte.
A matriz de Águas Abertas está situada próxima a Igreja do Bonfim (local turístico) numa estrutura independente funcionando com estação de recarga, sala de aula, loja e escritório.
Nosso barco encontra-se na Marina do Bonfim, a poucos metros da nossa matriz.
Na Praia do Forte os mergulhos, de batismo e para credenciados, acontecem na Praia da Vila e nas piscinas naturais de Itacimirim. De barco visitamos pontos como Barracudas, Pirajica, Dentão, Atratores, e outros. A profundidade varia de 15 a 40 m e a temperatura da água de 26 a 28º. A base da praia do forte está situada numa estrutura da maior loja de aventuras da região, a Portomar (http://www.portomar.com.br) que promove passeios de scuna, observação de baleias, quadriciclo, canoagem, e outros. Realizamos serviços de translado tanto da Praia do Forte para Salvador e vice-versa.
Tão perto e de fácil acesso, a Boa Viagem e o Blackadder possibilitam atividades de mergulho livre, batismo, check out de curso básico, mergulho noturno, mergulho em naufrágio, turismo subaquático, entre outros. O Melhor momento para mergulharmos no Blackadder é o ano todo e todos os dias. Sabe-se que após a preamar a visibilidade é excelente e varia de 5 a 15 m. Nesse local em meio à cidade grande realizamos um mergulho urbano onde encontramos cavalos-marinho, lagostas, polvos, pequenas barracudas, peixe cirurgião, dentão, budião, frade, badejo, trilha, sargentinho, peixe cofre, baiacu, papudinho, frade real, moréias, mututucas, linguado, falso voador, sardinhas, e muito outros.




A Baia de Todos os Santos reserva surpresas arqueológicas e é considerada por muitos o maior sitio arqueológico do Brasil. No Banco da Panela há relatos de centenas de caravelas catalogadas.
Encontramos naufrágios de 1665 até 1990, considerada há tempos uma das maiores rotas de navegação na colonização do recôncavo baiano, a Baía de Todos os Santos guarda aos redores dos seus encantos o maior naufrágio mergulhavel do Brasil com uma visibilidade chegando a 40 m e no máximo 30 m de profundidade. O cargueiro grego CAVO ARTEMIDI, com 180 m de comprimento (1980) é a principal atração da capital baiana.


Acompanhe agora um dos últimos relatos do mergulho em pleno inverno baiano 09.07.2011 ás 09h30min.
“Nesse final de semana tivemos bons mergulhos, no Artemidi vimos arraias, três polvos grandes, vários peixes pedra, peixes anjos, cardumes de sargentinhos, cavalas, bonitos, peixes galo, mariquitas, além de muitos outros. Estava um sonho o Cavo, com no mínimo 20 m de visibilidade, a água estava azul. Artemidi é sempre Artemidi, mas notei que boa parte da proa está muito enterrada e não conseguimos mais passar entre o leme e o eixo da hélice. Toda galera nova e antiga de mergulhadores aproveitem, pois conheci o Artemidi em 1998 que se encontrava com maior parte do seu convés inteiro. Hoje existem destroços na proa, e da meia-nau a popa encontrase de pé toda sua estrutura, mas não sei por quanto tempo. Por isso vamos aproveitar as boas condições, de marés de baixas oscilações para visitar e fazer excelentes mergulhos nesse grande point de mergulho do Brasil”.


Salvador é rica em historia subaquática e em destaque o naufrágio Galeão Sacramento, uma embarcação mercante da Companhia Geral do Comércio do Brasil que trazia João Corrêa da Silva, governador da Bahia, e a sua carga de cobre e estanho (liga pura de metal), naufragou durante uma tempestade no dia 05 de maio de 1668.

O galeão é um forte atrativo para mergulhadores avançados com sua profundidade máxima de 32 m e visibilidade de 15 a 30 m. No percurso do mergulho encontramos canhões, âncoras e pedras que formavam o lastro do santíssimo sacramento.
No inicio da Baia de todos os Santos, o farol da barra e o porto da barra, concentram bons pontos de mergulho. No Porto da Barra a logística e os mergulhos são ótimos, transportamos os equipamentos praticamente até a beira da praia.

Mergulhos nos corais do porto e no naufrágio Maraldi (1875) são privilegiados, pois as águas oceânicas conseguem chegar à beira do mar. A visibilidade varia de 5 a 20 m, chegando a uma profundidade máxima de 10 metros.
Ainda em nossas águas encontra-se o Germânia (1873) e Bretagne (1903) que possui uma história engraçada: um naufragou se encontrando com as pedras do Farol da Barra e o outro se chocou com os destroços do primeiro naufrágio.



Ao lado do Farol da Barra está o Cap Frio (1908) que a causa do naufrago é semelhante a todos os naufrágios da Barra. Próximo ao Porto da Barra o naufrágio Homei III (1990) um navio de pesca chinês, que é um dos poucos que está com seu casco inteiro a 36 m de profundidade. E para completar a Pedra da Enchente que está situada no início da Baía de Todos os Santos um pouco distante da costa em direção a ilha de Itaparica, onde inicia-se o mergulho há 33 m de profundidade num lajedo de pedra e vai formando um quênio.  A profundidade máxima é de 80 m, ideal para mergulhador avançado e técnico.

Sem Sombras de dúvidas Salvador é um dos grandes points de mergulho do Brasil. Ainda desconhecida por muitos, a Baia de Todos os Santos tem águas quase termais de 26 a 30 graus o ano todo, a visibilidade varia de 5 ate 40 metros e a rica biodiversidade marinha dá show, além de muitos naufrágios.
Salvador está para o mergulho, assim como o mergulho está para Salvador.
Lembrando que é o melhor intervalo de superfície do Brasil.
Porque as Águas estão Abertas.
Mergulhe com ÁGUAS ABERTAS!



Desenvolvido por Hugo Calheira